Início >> Entre Nos >> SER MULHER!

SER MULHER!

As mulheres muito conquistaram, mas muito ainda há por fazer, pois, leis não são respeitadas... elas ainda enfrentam discriminação no trabalho por serem MULHERES e MÃES. São mais atingidas pelo desemprego; seus salários são mais baixos que os dos homens para a mesma função; acumulam a dupla jornada e não têm as mesmas oportunidades de qualificação... estão entre os mais pobres!

Apesar disso, elas ajudam a construir este Brasil, com seu trabalho, esforço e dedicação, Estão em maior número no mercado de trabalho, nas estatísticas do desemprego e nas situações de desigualdade que o processo de globalização cria e, ainda assim, continuam defendendo o que conquistaram e mudando as regras patriarcais do capitalismo e da receita neoliberal que implica em redução dos serviços públicos, altas taxas de juros, liberalização dos movimentos de capitais, privatizações que atingem as mulheres com o aumento da pobreza, do desemprego, do trabalho doméstico e comunitário, cobrando a implementação de leis e políticas para erradicar a pobreza.  Com sua luta ainda ajudam as minorias mais fragilizadas!

As mulheres têm lutado por uma sociedade igualitária, humana e justa e para isso, hoje cobram a realização de um projeto nacional comprometido com a emancipação da mulher e por políticas públicas que efetivem seus direitos no dia a dia. Continuam na luta pela igualdade de oportunidades e por condições de trabalho; pelo fim da violência de gênero e racial, pela erradicação do assédio moral e sexual; por uma saúde integral que considere as singularidades de gênero, de etnia, de geração e de classe; por uma imagem social que reflita a condição da mulher como cidadã e trabalhadora, parte fundamental do progresso desta grande nação.

Dia 26 de agosto foi comemorado o “Dia Internacional da Igualdade Feminina” e a luta pela dignidade e respeito continua, pois, a mulher deixou definitivamente de ser a bonequinha, construída no imaginário coletivo com linda, sem rugas, sempre sorridente e pronta para o sexo, para ser a cidadã que trabalha, estuda, concebe, grita, ri, faz ginástica, cozinha, brinca e anda de bicicleta, dirige caminhão ou legisla, sabendo como ninguém ser Mulher!